Édipo pensado como alegria e expressão de vitalidade: concepções inovadoras de Kohut e Winnicott que repercutem na clínica e na cultura

“Gostaria de fazer aproximações entre a concepção Kohutiana da fase Edípica e a possibilidade aberta por Winnicott de pensar o Édipo na dimensão transicional e não conflitiva das trocas intersubjetivas “.
Autora: Beatriz Gang Mizrahi

Comentários

  1. Por favor corrigir: ocorreu falha na digitação de vocês do resumo desse artigo que escrevi: (… “na dimensão transicional e não conflitiva das trocas intersubjetivas”) Vcs digitaram ” dimensão tradicional” , o certo é: ” transicional” Grata Beatriz Gang

    1. Olá Beatriz, já concertamos. Obrigado por avisar deste erro, em um futuro próximo iremos passar aos membros a responsabilidade de enviar os textos e editar os textos que são de sua autoria, para que esse tipo de problema não venha a ocorrer novamente.

Deixe uma resposta