História de um pensamento, caminho sem volta?

“Muito do que tendemos a encarar como algo natural teve um começo e uma condição a partir da qual se desenvolveu.” Com esta base, Letícia Neves busca compreender se haveria “um começo e uma condição” na estrutura de pensamento de cada um de nós que propiciasse a criação de rotas de escravidão.  Ela considera que existem elementos que se tornaram “algo natural” e que fazem parte da nossa forma de pensar e lidar com o mundo; algo que se formou na nossa cultura e que tem como base a constituição do próprio existir no mundo; algo em nós que escraviza e reproduz escravidão; algo que se tornou natural em nós e, possivelmente, não consideramos sua origem e seu contexto histórico.

Confira a palestra na íntegra:

IV Congresso de Psicanálise em Língua Portuguesa em Cabo Verde

Deixe uma resposta